domingo, 16 de fevereiro de 2014

video
Quando se insiste num sonho.......é assim!!
Força Don Dime.....bom som, letra bonita!!!
....letra baseada na real!!!
Parabéns!!! 
Boa dupla...Don & Westy





...................................Letra do som.........................................
Westy:

Juventude não vive, agora só tchila,
nobody believe, toda a gente refila,
não te metas na fila, dessa gente burra,
sê uma voz ativa, não fiques só de surra,

tibarias e mocas, a mim nada me dizem,
farto de gente oca, não entendo o que dizem,
já tive manos que caíram , manos dos verdadeiros,
manos que se iludiram, não pensaram em si primeiro,

tiveram o derradeiro, juízo final,
mas um mano verdadeiro, e sempre essencial,
qual e o orgulho, de teres 14 e já fumares,
só podes ser burro, só te estas a matar,

não quero julgar ninguém, cada um sabe de si,
não sou mais que ninguém, cada um pense por si,
pensa no queres para ti, se essa vida te agrada,
se vires que não, muda de estrada,

muda de rumo, há varias saídas,
há vários mundos, e muitas batidas,
um mundo de oportunidades, para descobrir,
tu focado em banalidades, sem motivo para rir,

não sejas mais um boneco, que vive num espelho,
procura o teu próprio tecto, não sejas mais um fedelho,
que vive de likes, que vive da aparência,
que vive sem respeito, da sua existência,

isto é só a minha ideia, se achas que a tua é melhor,
ouve agora o Don Dime, e aprende com os melhores.
Refrão: (Don Dime)

Cada um, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Cada um, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Mas não há nenhum, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Mas não há nenhum, que pense por si,
que pense por si, que pense por si.


Don Dime:

Pensas e tropeças no teu próprio pensamento,
não me peças compreensão por algo sem fundamento,
é ridículo o teu ídolo ser o fumo e a bebida,
enquanto o meu vicio é o ritmo da batida,

ai a vida tá má, mas dinheiro pa tabaco já há,
és tu sentado no sofá a ver a vida passar,
crianças com maços de tabaco na mala sem os pais saberem,
entram e saiem de casa e os pais sem quererem,

saber dos filhos e do que eles andam a fazer,
a estragar a vida para ser igual ou parecer,
melhor do que outrem, mas olha que bem,
não é com isso que um dia conseguirás ser alguém,

cada um pense por si, não me queres ouvir tás à vontade,
agora é melhor apanhar mocas que acabar a faculdade,
mas ouve-me porque sei de histórias de atormentar,
larga isso, para lá de te estragar,

não julgo ninguém, não sou mais que ninguém,
mas olha que já vi manos e não só a serem reféns,
dessa vida louca iludidos à força,
que pouco a pouco se aproximavam era da forca,

agora tu lá sabes se essa vida te agrada,
tanta cena melhor e é isso que te agarra?
sei que isso virou moda, anota que nisso eu não me meto,
adota o meu pensamento enquanto ainda vais a tempo.

Refrão: (Don Dime)

Cada um, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Cada um, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Mas não há nenhum, que pense por si,
que pense por si, que pense por si,
Mas não há nenhum, que pense por si,
que pense por si, que pense por si.

Sem comentários:

Enviar um comentário